Classe C: O que este consumidor quer agora?

O consumidor da chamada classe C já está inserido há tempos no mercado, no entanto, algumas empresas ainda não se deram conta disso e  ignoram completamente seus desejos de consumos.

Esses consumidores formam uma grande massa em volume de compra e demonstram cada vez mais maturidade na hora de comprar. Exigem produtos e serviços de qualidade e com custo adequado. No início compravam iogurte e carne, hoje compram TV por assinatura, computadores, viagem de férias e muito mais. Os atributos mais valorizados por eles são preço, variedade, qualidade e marca. Continue lendo

Anúncios

Baby Boomers, Geração X, Y, Z? O que você é?

Fonte: mentzingenwogel.blogspot.com

Você já deve ter ouvido falar em Baby Boomers, Geração X, Geração Y, Geração Z, mas você sabe exatamente o que quer dizer cada um destes termos? Pois bem, eles classificam as pessoas pela idade e por um padrão de comportamento, tanto profissional como de consumo.

A geração Baby Boomer compreende aquelas pessoas que nasceram entre 1945 e 1965. É a geração que lutou contra a ditadura militar, que passou pela Jovem Guarda, Bossa Nova e Tropicalismo e que tinha como interesse construir uma carreira sólida e estável.

Já a geração X, nasceu entre 1965 e 1980. Esta geração passou por instabilidade econômica, pela explosão da AIDS no mundo, pelo impeachment do Presidente Collor e teve sua vida invadida pela tecnologia. Vive bastante de status e cargos, é resistente a novas tecnologias e pensa sempre em ganhar mais dinheiro.

Quem nasceu entre1980 e 1990 já se encaixa na Geração Y. Nasceu num período de maior estabilidade política e econômica, e foi apresentada à internet e ao celular. Essa geração nasceu e cresceu cercada de estímulos e sua principal característica é a capacidade de fazer tarefas múltiplas simultaneamente. Não se sujeita às tarefas subalternas de início de carreira e lutam por salários ambiciosos desde cedo.

A Geração Z, bem menos conhecida é composta pelos que nasceram após os anos 1990. Eles já nasceram na Era Digital, não sabem o que é um disco vinil ou uma fita cassete, são extremamente familiarizados com tecnologia, não tendo nenhum tipo de dificuldade para acompanhar o progresso tecnológico e apresentam dificuldade de interação social. São conscientes da importância do meio ambiente, consomem tudo que veêm pela frente e estão chegando agora ao mercado de trabalho. São rápidos, porém com baixa concentração.

O que você é? Se você não soube responder, não se desespere. Como eu disse no início do post, estes termos classificam as pessoas de acordo com padrões de comportamento, o que não quer dizer que você tenha que ser exatamente o que diz a sua Geração. Eu por exemplo, segundo a idade sou da Geração X, mas me sinto muito mais Y em termos de comportamento. O importante não é se encaixar em uma destas caixinhas, mas saber identificar o padrão nas pessoas e saber lidar com elas pra reduzir o nível de conflito entre gerações principalmente dentro das empresas.

Seguem alguns links interessantes sobre o tema apresentados originalmente pelo Jornal da Globo, mas que foram retirados do Blog do professor Elifas.