Como pedir aumento de salário


Se na semana passada você ficou assistindo o Fantástico para ouvir Max Gehringer falar sobre como pedir aumento de salário para seu chefe e continuou sem saber como fazer isso, já que a matéria tratou o assunto de maneira muito superficial, este post é para você.

Aproveito para parabenizar todos os meus colegas de profissão: hoje é o dia do Administrador.

O ideal seria que os funcionários jamais precisassem pedir aumento de salário para seus chefes, mas esta situação está muito longe de ser atingida, já que a maioria das empresas não possui políticas de cargos e salários ou simplesmente as ignora. A progressão salarial e as promoções durante a carreira deveriam ocorrer automaticamente conforme o merecimento, desempenho e resultados alcançados pelos funcionários, mas a falta de tranparência das empresas traz à tona a necessidade de se negociar um aumento salarial com o chefe.

Fonte imagem

Diante desta necessidade, é importante que antes de você pedir um aumento, reflita sobre as seguintes perguntas:

  1. Será que tenho correspondido às expectativas da empresa?
  2. Meu salário está compatível com o praticado pelo mercado?
  3. Será que não estou gastando mais do que deveria e transferindo a responsabilidade deste ônus para a empresa?
  4. Será que estou  apenas cumprindo minhas obrigações ou tenho feito algo mais para receber este aumento?
  5. Será que o fato de eu ficar trabalhando todos os dias até mais tarde ou chegar sempre antes dos outros funcionários não vale nada?
  6. Eu não mereço um aumento já que trabalho aqui há muito tempo?

Algumas direções para te ajudar nesta autocrítica.

  1. Verifique se nos últimos tempos você tem atingido as metas estipuladas pela empresa. Você até pode estar trabalhando muito, mas está realmente sendo efetivo devolvendo resultados para a empresa? Será que nos últimos tempos seus erros ou não cumprimento de prazos não afetaram de forma significativa a evolução da sua área ou empresa?
  2. Verifique se seu salário está compatível com o mercado. Faça uma pesquisa em outras empresas, com colegas e na internet. Já existem muitas pesquisas prontas on-line.
  3. Você não pode pedir aumento de salário porque seus gastos pessoais aumentaram. Você já sabia o valor do seu salário e deveria ter se programado para gastar apenas aquilo que ganha.
  4. Muitos funcionários fazem exatamente tudo o que lhes é solicitado, mas não passam disso. Não são proativos, empreendedores e nem se oferecem para assumir novos desafios ou para implementar alguma mudança ou melhoria na empresa. Estas pessoas são comuns, o diferencial está em fazer algo a mais para se destacar.
  5. Você ficar trabalhando até mais tarde ou chegar mais cedo pode demonstrar que não consegue cumprir suas atividades durante o expediente e pode parecer que está trazendo mais gastos de recursos para a empresa do que ganhos. Então fique atento, você tem que se diferenciar, mas sem gastar mais.
  6. Foi-se o tempo em que trabalhar durante muitos anos em uma única empresa era sinônimo de competência, atualmente pode significar que você está acomodado e desatualizado. Será que não é o seu caso?

Pense bem, se o balanço destas reflexões for positivo, então é hora de pedir um aumento de salário. Seja autocrítico e honesto consigo mesmo. Seguem algumas dicas de como pedir e conseguir um aumento:

  1. A situação econômica da empresa e o cenário macroeconômico são importantíssimos na hora de pedir um aumento, então se a empresa está passando por uma crise ou o país está em um período de recessão que vem afetando negativamente os resultados da empresa, nem toque no assunto.
  2. Fale com o seu chefe num momento calmo e propício, fuja dos famosos fechamento de mês, véspera de feriado prolongado, sexta-feira à tarde. O bom momento é aquele em que tanto seu chefe como você estão com os trabalhos em dia, sem correria e na parte da manhã, pois isso reduz a chance dele já estar com vários problemas para resolver.
  3. Nunca peça aumento por telefone, carta ou e-mail. Este assunto é muito delicado e deve ser discutido pessoalmente. Parece óbvio, mas muitas pessoas cometem este erro levadas pela ansiedade e/ou insegurança.
  4. Nunca peça aumento quando o chefe te pedir um favor ou para você desenvolver um projeto novo. Esta atitude pode parecer chantagem.
  5. Vá direto ao assunto. Quando for pedir aumento de salário, fale somente sobre este assunto, não o inclua numa lista interminável de pendências. O assunto é importante demais para dividir espaço e tempo com vários outros.
  6. Nunca peça aumento salarial baseado em assuntos pessoais. A empresa não tem nada a ver com isso. Você precisa mostrar para seu chefe que merece um aumento porque sua carga de trabalho aumentou, ou porque sua responsabilidade está maior, ou porque vem superando todas as metas nos últimos meses, ou porque concluiu um curso superior ou de especialização ou um treinamento técnico, enfim, o argumento deve estar relacionado ao seu desempenho profissional.
  7. Nunca se compare com outros funcionários da empresa, lembre-se que seu colega pode ter algum diferencial que você desconhece. O que determina o salário não é o nome do cargo escrito no seu contrato de trabalho, mas sim seu perfil e competências.
  8. Faça uma pesquisa no mercado sobre os salários recebidos e as atividades praticadas por profissionais que exercem cargos semelhantes ao seu. Faça uma comparação com você e leve esta informação para seu chefe. Ela o ajudará a decidir sobre seu pedido de aumento de salário ou a convencer o superior dele a concede-lo a você. Esta atitude mostrará que você está antenado com o mercado.
  9. Seja assertivo, mostre para seu chefe tudo o que tem feito para a empresa. Demonstre cada uma das metas atingidas.  Seja firme nas suas colocações, não seja humilde demais e mostre para seu chefe que você merece o aumento. Isso não quer dizer que você precisa ser arrogante, mas acredite no que diz, afinal, se você não se convencer do seu merecimento, não conseguirá convencê-lo disso. Essa dica vale principalmente para as mulheres, que negociam muito menos com seus chefes e são menos agressivas nas suas negociações.
  10. Antes da conversa definitiva, treine na frente do espelho várias vezes ou filme uma simulação da sua conversa com seu chefe. Avalie os pontos falhos e corrija. O treino te dará a segurança que precisa para ter esta conversa com seu chefe. Pense também em possíveis perguntas e questionamentos que ele poderá fazer a você e responda-as.
  11. Sorria sempre. O tema já é bastante pesado, então dê mais leveza à conversa.
  12. Quando for negociar seu novo salário, tenha claro que poderá receber um não ou poderá conseguir parcialmente o que está pedindo, então é importante que você estabeleça um valor mínimo aceito para fechar a negociação. Por exemplo: você está pedindo 40% de aumento, mas seu chefe só te oferece 10%. Este valor está bom pra você? Neste momento você deverá decidir se negocia mais para subir este percentual, se aceita e começa procurar outro emprego ou se simplesmente mudará de empresa sem questionar a decisão dele.
  13. Num primeiro momento, somente apresente dados e argumentos para seu chefe te dar o tão desejado aumento salarial, não o ameace dizendo que você pedirá demissão caso ele não faça o que você quer. Ele pode se sentir pressionado e te forçar a pedir demissão, então faça isso somente se você tiver outro emprego em vista ou se tiver alguém para te ” bancar” na fase de desemprego.
  14. Caso seu chefe não te dê o aumento, você precisa  entender porque seu pedido foi negado e o que precisa melhorar  e em que prazo. Seja compreensivo e já se comprometa em rever o assunto com ele no período estipulado. Cumpra tudo que foi solicitado e volte a conversar com ele. Desta vez ele não terá como negar o aumento.

Não seja tão previsível, surpreenda sempre que possível e seja perseverante. Nem sempre você se sairá tão bem na sua primeira tentativa, mas é uma questão de prática. É muito comum os chefes concederem o aumento salarial para quem pede, mas lembre-se que você terá que retribuir a confiança depositada. Desta forma deixará as portas abertas para futuras negociações.

Pedir aumento salarial não definirá o fim da sua reputação na empresa e não será mal interpretado ou gerará um desgaste no relacionamento com o chefe desde que você fique atento às dicas descritas acima. Lembre-se que as maiores objeções para você não ganhar seu aumento de salário estão na sua cabeça e não na do chefe, que será pego de surpresa quando for abordado com o pedido.

Se você gostou deste post deixe um comentário, se não gostou mande sugestões de melhorias e não esqueça de curtir e compartilhar no facebook.

Cristina Brasão

Anúncios

Obrigada por comentar o Blog PEGG!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: