• Coloque seu e-mail e clique em OK!

  • BLOG PEGG

    O BLOG PEGG é um blog de Gestão Empresarial escrito para pequenos e médios empresários com vontade de profissionalizar seu negócio, estudantes de Administração, Marketing, Ciências Contábeis e áreas afins, além de e todos aqueles que desejem trocar idéias.
    Se tiver alguma dúvida sobre qualquer assunto, sugestão de post, mande um e-mail pra mim ou coloque um comentário no Blog e atenderei o mais rápido possível.

    Obrigada pela visita e Volte sempre!

    Cristina Brasão
    blogpegg@gmail.com

  • A autora: Cristina Brasão

    Graduação em Matemática (USP) e Administração de Empresas (UFMT/UNEMAT).
    Mais de 15 anos de experiência atuando em empresas multinacionais e nacionais de grande porte (Net São Paulo, Grupo OESP, Mattel, MWM, Toyota, Honda) como Administradora, Coordenadora de Treinamentos, Gestora de Processos de Qualidade, Gestora de Equipes e "Marketeira".
    Hoje é empresária e sobrevivente neste brasil tão cheio de burocracias e impostos.

  • Anúncios

Planejamentos Estratégico, Tático e Operacional – Parte 2/7


Agora que você já sabe a diferença entre Planejamentos Estratégicos, Tático e Operacional (Saiba mais aqui), vai saber quem é responsável por cada um deles.

O Planejamento Estratégico está relacionado com os objetivos de médio e longo prazos, que afetam a direção ou viabilidade da empresa. O Planejamento Tático está relacionado com os objetivos de médio prazo e cobrem as diversas unidades da organização. O Planejamento Operacional está relacionado com os objetivos de curto prazo voltados à execução de operações rotineiras na organização.

Fonte Imagem: Blog PEGG

Para que o Planejamento saia do papel, a empresa precisa fazer um Orçamento, que é o Plano Estratégico traduzido em números. Podemos dizer que o Orçamento é uma técnica de alocação eficiente de recursos. Tudo se resume em definir quando gastar, onde gastar e quanto gastar, além de ser um importantíssimo instrumento auxiliar do processo decisório que por permitir simulações, possibilita que avaliemos quais serão as conseqüências no futuro das decisões tomadas no presente.

O Orçamento não tem que ser preciso, tem que ser bom, ele precisa conduzir a um bom processo decisório. Neste ponto o orçamento é semelhante a um plano de vôo. Imagine um piloto que decole do aeroporto de Guarulhos às 08h da manhã em direção a Manaus. Sua intenção é pousar em Manaus às 11h30min. Para isto ele prepara um plano de vôo baseado nas melhores informações de que dispõe: número exato de passageiros, peso da carga, direção e velocidade precisas do vento, posição correta das zonas de turbulências. A única certeza que o piloto tem ao decolar é que seu avião não vai aterrissar em Manaus exatamente às 11 horas, 30 minutos e zero segundos. No entanto, o compromisso de chegar a Manaus no horário previsto vai orientar suas decisões ao longo de todo o vôo.

No próximo post vou mostrar para vocês os principais desdobramentos do Plano Estratégico em Planejamentos Táticos.

Cristina Brasão

Anúncios

Obrigada por comentar o Blog PEGG!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: