Você sabe analisar e resolver problemas? Diagrama Ishikawa(4/7)


Hoje vou falar sobre o Diagrama Ishikawa ou Diagrama Espinha de Peixe ou Diagrama de Causa e Efeito.

Este diagrama foi proposto por Kaoru Ishikawa na década de 60 e é bastante utilizado para auxiliar na localização de causas de perda de qualidade no produto e no processo de produção.

É uma ferramenta gráfica utilizada para explorar e representar opiniões a respeito de fontes de variações em qualidade de processo, mas que pode perfeitamente ser utilizada para a análise de problemas organizacionais genéricos. Podemos conciliar com o Diagrama de Ishikawa outro método já comentado nesta série de posts, o Brainstorming para fazer o levantamento de causas e efeitos.

Sempre que você se deparar com esta figura, estarádiante de um Diagrama de Ishikawa.

Nas estremidades de cada espinha sempre será representado um dos 6 fatores listados abaixo:

  1. Máquina: equipamentos e máquinas
  2. Método: procedimentos, rotinas e técnicas que podem interferir no processo.
  3. Material: insumos, matérias-primas, sobressalentes, peças etc.
  4. Mão-de-obra: inclui todos os aspectos relativos à pessoal.
  5. Medida: aferição e calibração dos instrumentos de medida.
  6. Meio ambiente: condições ou aspectos ambientais que podem afetar o processo.

As causas ou fatores são representados por setas que concorrem às espinhas conforme a figura abaixo:

Note que nem sempre haverá causa para todos os fatores.

Continue acompanhando a série de posts.

Cristina Brasão

Anúncios

2 Respostas

  1. Eu ja usei o metodo de espinha de peixe inumeras vezes para problemas tecnicos. Nao consigo imaginar o uso em problemas de organizacao. Problemas com pessoas. Tenho a impressao que quando se trata de pessoas temos que utilizar de articios que aproxime as pessoas. Teria algum outro metodo nesta linha ?

    • Este método é indicado para produção e indústria, pois trata de fatores como máquinas, equipamentos, materiais etc.
      Para resolver problemas com pessoas, não existe uma ferramenta assim tão “seca”. Existem várias teorias no campo de gestão de pessoas, mas este é um assunto para uma nova série de posts. Vou anotar a dica.

Obrigada por comentar o Blog PEGG!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: